Opt

Plantio de eucalipto: desafios e oportunidades para 2024

O mercado florestal de eucalipto, conhecido por sua contribuição vital para a indústria madeireira, tem experimentado um crescimento impulsionado pela demanda de produtos como: madeira, papel e celulose. 

Sendo um grande player no mercado global de eucalipto, o Brasil exporta produtos derivados para várias partes do mundo. A competitividade e qualidade dos produtos brasileiros contribuem para a expansão das exportações. 

Plantio de Eucalipto em números

Segundo o Relatório Anual do Ibá (Indústria Brasileira de Árvores), lançado em novembro do ano passado, a área de árvores plantadas no Brasil totalizou 9,94 milhões de hectares em 2022, representando um crescimento de 0,3% em relação ao ano anterior. O eucalipto continua sendo a espécie mais cultivada, abrangendo 76% da área plantada no país, totalizando 7,6 milhões de hectares.

A seguir, confira o histórico de áreas plantadas no Brasil, por milhões de hectares: 

De acordo com o Relatório, os plantios de eucalipto estão localizados, principalmente, nas regiões Sudeste e Centro-Oeste do país, com destaque para Minas Gerais (29%), Mato Grosso Sul (15%) e São Paulo (13%).

Produtividade e desafios

O relatório do Ibá compila uma série de informações valiosas sobre a cadeia produtiva de árvores cultivadas no Brasil. Recomendamos fortemente a leitura do relatório na íntegra, clique no botão a seguir para acessar:

Referente a produtividade do eucalipto no Brasil foi estimada em 32,7 m³/ha/ano (com casca), com uma duração média do ciclo de 6,7 anos. A dispersão dos dados foi de 22%. O estado com a menor produtividade média registrou 20 m³/ha/ano, enquanto o estado com a maior produtividade média alcançou 42,4 m³/ha/ano.  

Porém, os desafios ainda são muitos. Sabemos que as mudanças e eventos climáticos extremos podem impactar significativamente a produção florestal. 

Ao mesmo tempo, avanços tecnológicos, incluindo práticas de manejo mais eficientes e tecnologias de monitoramento, estão sendo implementados para enfrentar esses desafios. 

O monitoramento contínuo do plantio de eucalipto emerge como uma ferramenta crucial para identificar precocemente problemas e implementar medidas corretivas. 

Tecnologias como sensores remotos, drones e sistemas de informação geográfica oferecem dados em tempo real, permitindo uma visão abrangente do estado das plantações. Essa abordagem proativa possibilita a resposta rápida a mudanças nas condições do solo e no desenvolvimento das árvores. 

Inovações em Manejo Florestal para 2024

A indústria tem buscado práticas avançadas de manejo florestal para otimizar a produção, incluindo técnicas de plantio mais eficientes e métodos para melhorar a utilização da terra. 

Além disso, a otimização do uso da terra torna-se imperativa para combater eventuais quedas de produtividade aliadas a competitividade por áreas para plantio que tem feito o custo de aquisição do hectare ter aumentado quase três vezes mais de 2019 até 2023. 

Diante desse cenário, é importante que as empresas florestais estejam preparadas para adotar práticas sustentáveis, como rotação de culturas, plantio consorciado e adoção de técnicas de manejo que preservem a saúde do solo. 

A maximização eficiente do espaço disponível resulta não apenas em ganhos de produtividade, mas também em benefícios ambientais, promovendo a sustentabilidade a longo prazo. 

Inovações Tecnológicas como Aliadas

A integração de inovações tecnológicas, como softwares de monitoramento avançados e algoritmos de análise de dados, fortalece a capacidade de prever padrões e tendências. 

Isso não apenas facilita a tomada de decisões informadas, mas também contribui para estratégias mais eficazes de otimização do uso da terra sendo potencializado com a integração das ações entre as equipes de escritório e campo, nas frentes de identificação da ocorrência e confirmação in loco nas áreas indicadas. 

Integrar as atividades entre as equipes permite definir ações mais efetivas e ágeis, reduzindo tempo de operação e contribuindo em ganhos na gestão dos ativos florestais para melhorias dos índices que determinam a madeira a ser colhida. 

Conheça o OPT Monitora

A OPT desenvolveu uma solução eficiente para o monitoramento as áreas de plantio de eucalipto, sendo uma aplicação web que permite o monitoramento de eventos de interesse utilizando dados de satélites, processamento digital de imagens, técnicas de aprendizado de máquinas e inteligência artificial. 

Essa solução, permite realizar o monitoramento de tempos em tempos sendo possível verificar: tempo da terra ociosa, incêndios, vendavais e até a saúde da plantação, possibilitando a integração entre as equipes, por meio de aplicativos móveis e painéis gerenciais.  

Ficou interessado? Entre em contato conosco para se aprofundar nessa solução e usar a tecnologia ao seu favor!  

Sugestões para você

Criando Web Maps com ArcGIS API for Python Essa semana apresentei um Talks para os colegas da OPT GIS onde mostrei as capacidades da ArcGIS API for Python na …
Integração do ArcGIS e do Activy Directory para criação de procedimentos Uma das grandes vantagens da Esri é a facilidade de integração com provedores de …